segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Clínica San Rafael

Quando você lê a palavra clínica o que lhe em a cabeça? 

O post de hoje é sobre uma clínica que era localizada na Cidade do México, onde aconteceram muitas torturas e ate mesmo exorcismos.

Essa clínica foi construída na segunda  metade dos anos 40 por religiosos de " San Juan de Dios" com a finalidade para cuidar de doentes mentais. Há muitas histórias e lendas sobre essa clínica e seus métodos de psiquiatria utilizados. Uma das histórias é que um paciente decapitou o filho de uma senhora que tinham ido fazer uma visita e entrou dentro da capela da clinica com o corpo todo ensaguentado segurando a cabeça em uma das suas mãos. A energia negativa era muito forte no local, muitos afirmaram que havia uma sombra que entrava nos quartos dos pacientes, se sentava na cama e os pacientes conversavam com ela como se fosse uma pessoa real.
Por ter uma forte conexão religiosa, em casos de pacientes mais graves eram realizados exorcismos para retirar os demônios que provocavam a pessoa.


Um dos casos mais famosos sobre essa clínica foi o de Mario Cantu, o homem foi trancado e torturado mesmo sendo uma pessoa lucida e sadia. Alguns dizem que foi sua mãe que após uma discussão pediu para que os enfermeiros o levassem para a clínica. Após a anestesia passar ele acordou dentro da clinica sem ter a menor ideia do que estava acorrendo. Em uma entrevista Mario relatou toda a sua experiencia dentro da clinica e como foi sua vida antes de entrar lá. Tinha muitos problemas com sua mãe, então ela achou que essa seria a melhor maneira de "cura-lo".

Mario ficou 18 dias na clinica, mas para ele pareciam anos. Em um dos seus relatos ele diz que estava deitado em uma cama com seus braços e pernas amarrados enquanto um médico dava choques elétricos em seu corpo.

Basicamente nessa clínica eram jogadas pessoas nas quais os parentes queriam se livrar, então muitas pessoas lucidas eram postas lá, mas com o passar dos dias até as pessoas mais sãs se tornavam loucas. As pessoas se tornavam como vegetais, passavam os dias drogadas por medicações.

Em 2009 a clínica foi fechada e ninguém até hoje sabe o real motivo para isso e foi destruída em 2013.
 





Texto adaptado e traduzido por mim do site culturacolectiva

Pra quem se interessou pela história foi feito m filme sobre essa clinica, Archivo 253 e esta disponível na Netflix e também no Youtube.

Um comentário: