sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Crianças Psicopatas

 Garoto mata o colega por conta de um celular

Este garoto da imagem tem 10 anos de idade, se chama Gustavo Garcia dos Santos e foi morto por um outro colega por conta de um celular, em um crime bem macabro e cruel. O crime ocorreu em Diadema, Grande São Paulo. Os garotos estavam em um campinho de futebol e teriam se conhecido naquele ambiente.

O coleguinha que o assassinou alegou várias versões sobre a morte ocorrida. O autor pediu o celular do jovem Gustavo e ele se negou a entregar. Em seguida, a criança assassina o convenceu a ir com ele até o cemitério onde atingiu o corpo do garoto com golpes de machado.



Criança morta em brincadeira de polícia e ladrão


Cristofer Souza de Moura, de 6 anos de idade, foi morto na comunidade do Barata, na Zona Oeste do Rio, em Realengo,  por um garoto de 12 anos.

Cristofer se divertia com amigos e foi atingido por uma espingarda na casa do padrasto do autor do crime. Ele foi socorrido, mas acabou não resistindo.

Ele participava de uma brincadeira de criança chamada “polícia e ladrão”. O corpo dele foi encontrado caído no banheiro da residência do vizinho.

Andrew Wurst – O atirador em massa

O garoto Andrew Wurst atirou sobre seus colegas, matou John Gillette, feriu gravemente outros alunos e um professor, em uma festa da escola em que ele participava.

O evento aconteceu em um restaurante em Edinboro, Pennsylvania. Ele usava uma pistola calibre 25 do pai dele. Ele foi condenado a passar 30 a 60 anos atrás das grades.

Amarjeet Sada – O assassino mais jovem da Índia

Amarjeet Sada tem apenas oito anos de idade e foi considerado o assassino mais jovem da história da Índia. Ele matou a irmã de seis meses de idade com requintes de crueldade usando uma pedra de tamanho bem correspondente ao da vítima.

Além disso, ele confessou à polícia que estrangulou o bebê e deixou o corpo perto da aldeia Musahari. Outro inquérito também mostrou que Sada assassinou seu primo de apenas nove meses de idade com requintes altíssimos de frieza e crueldade. Ele ficou conhecido como um dos mais jovens serial killers da história da Índia.

Paul Henry Gingerich – O garoto que matou o pai

Este garoto de 12 anos de idade foi mentor do crime de assassinato do pai de um amigo por conta de um motivo bem fútil. Na cidade de Cromwell, perto da fronteira de Michigan, ele se reuniu com amigos e traçaram um plano de fugir todos juntos.

Só que um dos colegas disse a Gingerich que isso não seria possível porque o pai dele jamais permitiria que isso acontecesse.

Foi aí  então que as 3 crianças resolveram assassinar Phillip Danner, o padrasto do garoto Colt Lundy, um dos jovens do grupinho que os meninos acreditavam que não deixariam que o plano deles fosse praticável.

Gingerich foi o responsável por disparar o tiro que matou o pai do amigo e ser o mentor do crime.

Eric Smith –  o crime macabro de abuso sexual

O garoto de 13 anos Eric Smith abusou e matou Derrick Robie, de quatro anos de idade, em Agosto de 1993, em Steuben County, New York, em um tempo considerado muito rápido.

Ele e Derrick se encontraram em uma quadra de beisebol próxima à residência de Derrick, onde o autor do crime o persuadiu para ir para a floresta próxima daquele local, onde ele cometeu o assassinato.

Eric, em cinco minutos, abusou sexualmente e assassinou a criança. Ele foi condenado por assassinato em segundo grau.

Mary Bell – A estranguladora de Tyneside

Esta garota de 11 anos de idade foi considerada pelos populares “A Estranguladora de Tyneside” por ter estrangulado uma criança de quatro anos, chamada Martin Brown, até a morte, em 1968.

Tempos mais tarde, ela se aliou a um cúmplice com o mesmo perfil de frieza e requinte de crueldade dela e matou uma criança de três anos chamada Brian Howe. A dupla espancou o corpo da criança tão brutalmente que a causa da morte foi indeterminada.

créditos: ultracurioso

Um comentário:

  1. por isso temos que ficar de olho no comportamento de nossas crianças...a maioria dos serial killers quando crianças já demonstravam um perfil psicopata, com comportamentos estranhos, torturando e matando pequenos animais ou abusando de outras crianças sem demonstrar nenhum remorso...por isso familiares e amigos tem que prestar muita atenção em crianças que apresentem esse comportamento, normal não é!

    ResponderExcluir