quarta-feira, 18 de março de 2015

Alpinistas Encontram dois Corpos Mumificados no Pico Mais Alto do México

Um grupo de alpinistas que recentemente buscava o topo do Pico de Orizada — a montanha mais alta do México — se deparou com o que podem ser os cadáveres de montanhistas mortos na década de 1950 em uma avalanche. De acordo com os desportistas, o primeiro corpo mumificado foi encontrado na última segunda-feiura (9) a apenas 310 metros do topo (postado a mais de 5,6 mil metros), em um ponto localizado a cinco horas de carro do centro da Cidade do México.

Entretanto, quando um destacamento de 12 agentes da Defesa Civil foi encaminhado para o local para efetuar o regate, ocorreu a segunda descoberta igualmente perturbadora: havia ainda um segundo corpo, igualmente mumificado e congelado, localizado a apenas 300 metros do primeiro.



Ligações esperançosas da Espanha e da Alemanha


Apesar de as autoridades endossarem a teoria de que se trata de mexicanos atingidos por uma avalanche há 55 anos, isso não evitou que pessoas de diversos países, como Espanha e Alemanha, ligassem para entidades no local atrás de parentes há muito perdidos, possivelmente no mesmo local.

De acordo com o prefeito da cidade próxima de Chalchicomula de Sesma, Juan Navarro, a análise das peças de roupa deve ajudar as autoridades a definir a identidade dos corpos. Entretanto, a determinação exata apenas deve ocorrer quando a Defesa Civil conseguir retirar os corpos do local — o que tem sido dificultado pelas condições climáticas bastante hostis, incluindo neblina bastante espessa.

“Foi impossível conduzir o resgate com este tempo”, disse Navarro ao site Daily Mail, acrescentando que apenas dois dos alpinistas conseguiram chegar ao local em que se encontram os corpos. As autoridades esperam dar continuidade ao resgate em algum momento em breve, provavelmente com a ajuda de um helicóptero. Do local, os corpos serão encaminhados ao Ministério Público para testes de DNA.

Créditos: megacurioso

Nenhum comentário:

Postar um comentário