sábado, 6 de dezembro de 2014

Eles Estão em Toda Parte

"Eu não sei o que fazer, doutor. Esses malditos estão em todos os lugares. Ninguém sabe além de mim."

"Sabe do que, Larry?"

"Sobre os demônios! Eles estão em toda parte!"

"Conte-me sobre esses demônios, Larry. Como eles se parecem?"

"Eles tem a pele preta, bastante parecida com couro. Membros meio espinhados. As asas deles são como o véu de um ceifeiro. E os olhos..." O homem treme no sofá.

"O que tem os olhos, Larry?"

"Eles são enormes! Ocupam metade do rosto deles. E tem isso... eles nem sequer se parecem com olhos, é como um milhão de olhos aglutinados e juntos. E eles são vermelhos!"

"Ok, é o suficiente. Mas o que os torna tão terríveis para você? Será que esses tais demônios têm uma 'atração' especial por você? O que é que você não gosta neles?"

"Bem, eu sei um monte de coisas sobre eles. Eles costumam ir para cemitérios, rastejando-se na terra e sob os cadáveres à noite. Eles entram na comida e a envenena com o seu próprio vômito. Eles comem as carcaças de animais em decomposição, até os recém-mortos nas estradas. Eles chegam até as pessoas e elas não podem os ver, e então eles movem suas garras fétidas em sua carne e injeta o seu veneno e podridão, eles são tão nojentos... tão repugnantes..."

"Ok, Larry. Agora me diga onde você vê esses demônios."

"Em todos os lugares! No parque, pairando nas pessoas, e elas nem sequer os percebem. Então eles penetram suas garras em sua carne, e eles injetam seu veneno e..."

"Ok, Larry. Você já disse isso antes. Bem, iremos nos ver duas vezes por semana a partir de agora. Quarta e sexta parece bom para você?"

Larry acena positivamente assim que ele é levado para fora da porta por dois escoltas em branco. Quando a porta se abre novamente, a secretária do psiquiatra entra.

"Você descobriu por quê aquele esquizofrênico se recusava a comer?"

"Sim. Eu temo que ele vá ter que passar por mais algum tempo sendo alimentado à força, apesar de tudo. Ele acha que demônios estão em toda parte, o perseguindo e envenenando a sua comida. Nós vamos ter que encontrar uma maneira de tratar a sua Entomofobia o mais rápido possível."

"Ent... o quê?"

"Ele tem medo de moscas."

Retirado de: thecreepypasta original: lua palida

Um comentário: