terça-feira, 19 de agosto de 2014

O Quarto

Cada cidade tem uma dessas malditas clínicas. Elas são projetados especificamente para mulheres. Não mulheres comuns, mas sim à mulheres que estão carregando a semente da vida, seja desejada ou não. Eles entram nessas clínicas para tirar a semente do seu corpo, por qualquer motivo, geralmente em caso de estupro ou aborto.



Se você for um estagiário em uma dessas clínicas, você não deve questionar as intenções da mulher. O médico diz para você para sair da sala e pega uma espécie de instrumento médico. Você ouve a sucção de ar vindo da geringonça, mas nada que faça você sair da sala. Naquela noite, você vai ser chamado para limpar a sala.

Relutantemente, você vai até a sala. Com certeza, esperando por você estão os restos do feto. O conteúdo muitas vezes se assemelha a braços, pernas ou pedaços de rostos, muitas vezes com cara de morto ou subdesenvolvidos. Como poderia um médico pedir para fazer uma coisa dessas? Mas você não quer perder o seu estágio.

As almas que nunca chegaram a viver irão visitá-lo mais tarde, e eles te pedem para vingar a sua morte. Você tem duas opções:

Eliminar os restos corretamente ou matar o médico responsável pelas mortes.

Na noite seguinte, invada a casa do médico. O médico que realizou o procedimento há alguns dias, é o que você deve eliminar. O médico é uma mulher.

Você pode sentir algum remorso pelo médico do sexo feminino, principalmente porque você vai ter uma queda por ela. Ela é de origem espanhola e tem  26 anos de idade, muito jovem e bonita. Ela está deitada ao lado de seu marido. Eles não tem filhos. Remova cirurgicamente os olhos da mulher, e deixe-a sangrando pelos próximos 15 minutos.

As almas dos abortados estão satisfeitos.

Créditos: creepypastadark

~Carol

Um comentário: