segunda-feira, 7 de julho de 2014

Children of Bodom

Era um dia ensolarado na cidade de Espoo, Finlândia. Para aproveitar aquela raridade, Maili Irmeli Björklun, com 15 anos, Anja Tuulikki Maki, também com 15, Seppo Antero Boisman, que tinha 18 e Nils Wilhelm Gustafsson, que também estava com 18 anos em 1960, resolveram ir acampar a beira do lago da cidade, conhecido como Lago de Bodom.



O local era calmo, mas, poucos dias antes deles irem para lá acampar, um assassinato havia ocorrido nas redondezas, porém o criminoso já estava atrás das grades.

Ao final da tarde, depois de terem montado seu acampamento, os adolescentes foram até o quiosque local comprar chicletes e balas. Na hora em que retornavam, Nils e seus amigos foram avistados por pescadores que estavam indo embora.

Após escurecer, todos se preparam para dormir. No meio da madrugada, entre três e seis da manhã, alguém pulou sobre a barraca onde os adolescente dormiam e começou a esfaquear tudo que via pela frente.

Em pouco tempo, três dos quatro aventureiros estavam mortos. As facadas haviam atingidos eles na cabeça e também no pescoço. Mas Nils tinha sobrevivido e tentou se arrastar para fora da cabana. Nesse momento, o garoto recebeu uma pedrada na cabeça e apagou.

Na manhã seguinte, um homem, que estava indo nadar com seus filhos no lago, encontrou o banho de sangue. Rapidamente, a polícia iniciou uma grande investigação que mobilizou todo o país.



Enquanto isso, Nils, o único sobrevivente, estava internado no hospital, mas não conseguia falar com ninguém. Havia muita esperança de que seu testemunho pudesse ajudar na solução do crime, contudo, quando ele despertou, tudo que falou foi: “Como eu fui parar em um acidente de carro?”

A investigação chegou a 70 suspeitos, investigou e interrogou mais de 3 mil pessoas, porém nenhuma única pista do assassino foi descoberta. Desde o ano de 1960, até hoje, o crime ainda está em aberto.

Diversas histórias e teorias surgiram. Pessoas foram acusadas por outras, alguns disseram ser um demônio que assassinou a todos e ainda há gente dizendo que tudo isso fazia parte de um ritual satânico. Até mesmo Nils, uma das vítimas, foi tratado como suspeito.

O mistério conhecido como Children of Bodom persiste até hoje e poucos tem coragem de dormir a beira do lago, mesmo mais de 50 anos do ocorrido, afinal, o assassino ainda pode estar por aí, a espreita de mais um temerário grupo de adolescentes.

Créditos: minilua

~Carol

Nenhum comentário:

Postar um comentário