terça-feira, 10 de junho de 2014

Maníacos de Dneproprtrovsk

No dia 25 de junho de 2007, a noite se arrastava tranquila pelas ruas da cidade de Dneproprtrovsk, na Ucrânia, quando Ekaterina Ilchenk, uma bela mulher de 33 anos caminhava em direção a sua casa, depois de uma agradável tarde com seu namorado.

Enquanto ela andava tranquilamente, dois rapazes de 19 anos a viram, algo totalmente normal, mas para o azar de Ekaterima, aqueles dois jovens eram Viktor Sayenko e Igor Suprunyuck, que até aquele dia eram pessoas normais, porém seu encontro casual na rua com aquela mulher seria o primeiros de muitos crimes inexplicáveis.


Aparentemente sem motivo algum Suprunyuck puxou o martelo que carregava e bateu com toda sua força na cabeça da mulher, que naquele momento não devia sentir mais nada, pois seu crânio destruído pela batida não era mais capaz de proteger seu cérebro, que foi dilacerado pelas outras batidas subsequentes…

Esse foi apenas o primeiro assassinato a sangue frio daquela noite, pois um mendigo, chamado Roman Tatarevich, que dormia em um banco também foi morto com diversas marteladas, dessa vez foram tantas e tão fortes que ele ficou irreconhecível,

Durante mais de um mês os ataques sanguinários dos psicopatas continuaram, sempre pegando pessoas indefesas na rua, que eram escolhidas aleatoriamente.

Até que no dia 7 de julho eles cometeram seu grande erro, quando a luz do dia tentaram matar dois adolescentes de 14 anos que pescavam calmamente, mas por sorte um dos meninos escapou, o que deu as primeiras pistas para a Polícia trabalhar no caso.

Apenas uma semana depois Viktor Sayenko e Igor Suprunyuck erraram novamente, quando mataram uma mulher de 45 anos na rua, onde várias pessoas puderam os ver agindo. Rapidamente a Polícia local colocou mais de 2000 pessoas a trabalharem no caso, criando uma caçada gigantesca contra esses monstros.

No fim os assassinos foram encontrados com a ajuda de retratos falados e também por que eles vendiam alguns bens que roubavam das vítimas, isso ajudou nas investigações, pois os donos de lojas de penhores foram testemunhas chaves no caso, fazendo com que a casa deles fosse encontrada.

Antes de serem presos os assassinos gravaram alguns vídeos de seus ataques, que ficaram famosos na internet, mas que hoje em dia são raros. Além disso, existem várias fotos das vítimas, mas se você não tem o estômago muito forte é melhor nem procurar…

Em 2009 eles foram julgados e ambos condenados a prisão perpétua, encerrando um dos casos mais macabros e demoníacos que o mundo já viu, pois até hoje ninguém consegue entender o que levou dois jovens normais a matar mais de 20 pessoas a marteladas…

Vou postar algumas imagens dos assassinatos, olhem só se quiserem pois algumas são fortes:











Nesse site aqui tem dois vídeos dos assassinatos:  issoebizarro

Nesse outro site achei outro vídeos de um dos assassinatos, as cenas são muito fortes então só assista se tiver estômago forte e não forem sensíveis pois as cenas são chocantes: sangrento

Créditos: minilua

~Carol

6 comentários:

  1. Eu já sinto raiva desses fdp, por terem matado pessoas inocentes sem que elas tivessem chance de se defender, mas meu ódio aumenta significativamente quando eu lembro que esses monstros se divertiam matando animais.

    Com certeza, esses 2 filhos de uma meretriz tem os nomes tatuados na piroca do Capiroto.

    Desculpa os palavrões HAHA!

    ResponderExcluir
  2. Apenas humanos em seu estado natural kkk livres! A vida do outro só ganha peso quando precisamos criticar. Não matamos por medo de ir preso ou ir para o inferno e ponto final...nenhuma moral é valida.
    São jovens sem medo apenas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Retardado... Estado natural? Só se for o seu vivemos em sociedade, vc já viu abelhas e cupins fazendo isso dentro do seu grupo, já que esses animais tbm vivem em sociedade e não tem princípios éticos e morais... Tenho pena de vc, patético.

      Excluir
    2. Retardado... Estado natural? Só se for o seu vivemos em sociedade, vc já viu abelhas e cupins fazendo isso dentro do seu grupo, já que esses animais tbm vivem em sociedade e não tem princípios éticos e morais... Tenho pena de vc, patético.

      Excluir
  3. E se alguém matasse um dos seus parentes ai seria natural

    ResponderExcluir