sexta-feira, 4 de abril de 2014

Reencarnação de guerra

Desde os 2 anos de idade que James começou a vivenciar lembranças que seriam do tenente James McCready Houston, que aos 21 anos, em 1945, foi abatido na batalha de Iwo Jima. Aos 2 anos, ele e a mãe foram comprar um brinquedo. Um avião. A mãe, Andrea, pegou um modelo e disse-lhe que na parte inferior havia uma bomba. Para surpresa da mãe, o menino afirmou que não era uma bomba, mas um pequeno tanque de combustível.



A família nunca teve militares entre os seus e, até então, nenhuma ligação com aviões. O pequeno James, que sempre teve um interesse extraordinário por aviões, começou a ter estas recordações depois de visitar o Museu de Aviões Kavanaugh, em Dallas, no Texas. Alguns meses depois da visita, James começou a ter pesadelos com a queda de um avião e fogo. E gritava que o piloto não conseguia deixar a aeronave.

James continuava a dar indicações sobre uma vida anterior. Quando a mãe serviu bolo de carne, que ele nunca tinha visto ou comido, disse que não comia aquele prato desde Natoma. O menino ainda disse que chamava-se James Houston e citou o nome de um colega da tropa.

O pai do garoto, Bruce, começou a pesquisar e descobriu o nome de um navio chamado Natoma Bay, que lutou na batalha de Iwo Jima. Um de seus tripulantes era James Houston. Bruce também descobriu que o avião de Houston fora abatido pelos japoneses em 3 de Março de 1945. Tais informações foram confirmadas por outro piloto, que voava ao lado do falecido James Houston Jr. durante uma incursão perto de Iwo Jima, em 3 de Março de 1945.





Créditos ao maravilhoso showdomedo e Deep Web

~Carol 

2 comentários: