terça-feira, 17 de setembro de 2013

Sereias: realidade ou mito?

Estava dando uma olhada em um dos sites que um leitor do blog me indicou e achei uma reportagem bem interessante. Quem ai nunca assistiu Ariel? Era um dos meus filmes favoritos na infância, mas com o passar dos anos foi descobrindo que as sereias não são aquela imagem "meiga" que temos do filme, e sim pode ser uma criatura bem horrenda, claro, se é que exista mesmo.

 " O pouco que se procura sobre sereias na história antiga, já é conclusivo que realmente povos de culturas diferentes relatavam seres humano-peixes que viviam em diversas áreas diferentes do mar. "

Nessa última década foram descobertas várias espécies diferentes de baleias, peixes ou até mesmo microrganismos presentes no mar, ou seja, o mar ainda é muito inexplorado, podendo haver muitas outras espécies de seres vivos que ainda não fazemos ideia.  Recentemente o Animal Planet fez um documentário sobre as sereias, e, ele é muito completo, mostrando-nos mais uma vez, a teoria da conspiração por trás da disseminação desses fatos e provas científicas.

A Teoria  A teoria é que na mesma época dos Neanderthals, de onde surgiu a raça humana, pode ter havido um grupo dessa espécie que resolveu ficar no mar ao invés de terra firme. Eles se alimentavam de peixes, mariscos, algas e outros frutos do mar, que os possibilitaram de desenvolver a inteligência do mesmo modo com os “macacos evoluídos” na terra.

Onde tudo começou  Alguns biólogos marinhos (citados no documentário com nomes diferentes por proteção) começaram a investigar os encalhes de baleias na praia. Logo descobriram que na verdade se tratava de um teste de uma arma militar americana chamada SONAR da Marinha dos Estados Unidos.  Essa arma é considerada uma bomba sonora, que emite frequências de som à longa distância, porém poderosa o suficiente para danificar os órgãos de qualquer ser vivo presente nesse raio, inclusive militares rivais dentro de um submarino.  Logo então descobriram seres que eram isolados e levados para testes do governo, sem conhecimento nenhum da população. Depois de anos de pesquisa, esses biólogos marinhos coletaram dados o suficiente para provar que as famosas sereias eram reais.

A  Prova  Esses biólogos conseguiram achar parte da carcaça de uma sereia dentro de um tubarão, realizaram uma série de pesquisas juntamente com especialistas de outras áreas, como paleontologia, acústica aquática e conseguiram montar boa parte da composição do corpo de uma sereia com base nesses dados, e ainda mais, conseguiram confirmar que esses seres possuiam um dialeto próprio e ainda que eles eram capazes de se comunicarem com outros seres marinhos, como golfinhos e baleias.

Créditos: desocultando

E para finalizar deixo um curta com vocês sobre sereias que eu vi no MedoB


Nenhum comentário:

Postar um comentário