segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Lobo Branco

Há muito tempo, o número de lobos em French Creek estavam alarmantes. Havia muitos deles e os fazendeiros não conseguiam evitar que matassem seu gado. Então o estado colocou uma recompensa por eles. Pagariam a um caçador dez dolares para cada pele de lobo que entregassem, o que era um bom pagamento na época.


Um açougueiro da vila, chamado Bill Wilson, achou que era um bom dinheiro, então largou o oficio e começou a caçar os lobos. Ele tinha uma boa mira. Todo ano, ele matava cerca de quinhentos lobos, dando a ele mais do que cinco mil dolares. Naqueles dias, era uma quantia invejável de dinheiro.
Após quatro ou cinco anos, Bill ja havia matado tantos lobos que mal havia sobrado algum na área. Então ele se aposentou e jurou nunca maltratar outro lobo na vida, pois eram a razão de estar rico agora.
Certo dia, um fazendeiro informou que um lobo branco havia matado duas de suas ovelhas. Ele atirou e acertou-o, contudo a bala não surtiu efeito na fera. Logo, o mesmo lobo foi visto por todo o campo, matando e correndo. Era uma criatura imparável.
Uma noite, ousou em invadir o quintal de Bill e matou sua vaca de estimação. Bill esqueceu-se de sua promessa de nunca maltratar outro lobo. Ele foi até a cidade na manhã seguinte e comprou um cordeirinho para servir de isca. Ele levou-o até os morros e amarrou-o em uma árvore. Então afastou-se cerca de cinquenta metros, aguardando atrás de outra arvore ansiosamente, com sua arma no colo.
Quando Bill não retornou, seus amigos começaram a procurar por ele. Finalmente encontraram o cordeiro. Ainda estava amarrado à arvore, sem ferimentos. Apesar de faminto, estava vivo. Finalmente encontraram Bill. Estava encostado na arvore em que aguardava, morto. Sua garganta estava cortada.
Estranhamente, não havia sinal de luta. Sua arma sequer havia disparado. Não haviam pegadas nem rastros no solo em volta. Quanto ao lobo? Nunca mais foi visto...

Créditos:  Wiki Creepypasta Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário