quinta-feira, 11 de outubro de 2012

A Lenda dos quadros das crianças que choram

Estava dando uma olhada aqui na internet e vi algo que me deixou assustada, a história do quadro das crianças que choram, o que mais me deixou chocada foi que meu avô tem na casa dele o__o e além de serem MUITO macabros eu sempre tive uma sensação ruim ao olha para eles, bom ai vai a história....



Nos anos 80 diversas casas misteriosamente pegaram fogo na Inglaterra, muitas delas matando seus moradores. Em comum todas tinham uma assustadora coincidência. A presença de um quadro de uma criança chorando. Este quadro sempre estava intacto, mesmo nos ambientes mais destruídos...
A lenda do quadro das crianças que choram começou na Inglaterra nos anos 80, que dizia que um frustrado pintor italiano, Giovanni Bragolin, estava na miséria. Desesperado, ele apelou para um pacto demoníaco. Mas ele foi esperto. Ao invés de oferecer sua alma, ele ofereceu as almas de quem comprasse seus quadros.
Na noite do pacto, Giovanni teve um sonho, onde 28 crianças foram torturadas e sacrificadas num tipo de ritual, onde elas choravam e imploravam por clemência.
 No dia seguinte, ele pegou tinta e tela e começou a fazer as pinturas para depois vende-las. Não se sabe o porque, as pinturas fizeram muito sucesso e logo Giovanni começou a fazer pinturas em série. Ele usou formas subliminares para mostrar que as crianças estavam mortas. A principal seriam as pupilas dilatadas.

 Relatos contam que assim que os quadros são levados para casas, o maus fluidos iam para sua casa. Pessoas perdiam empregos, adoeciam. Quando os quadros já estavam numa quantidade considerável de lares, os incêndios começaram. Casa após casa era consumida pelo fogo de forma misteriosa. Os bombeiros nunca conseguiam encontrar a causa, até que começaram a associar ao quadro pois, mesmo numa residência reduzida a cinzas, ele nunca era queimado.
 O tabloide Sun, e em particular, seu editor Kelvin MacKenzie, publicaram uma nota em 4 de setembro de 1985, bradando a "Flamejante Maldição do Garoto em Lágrimas", alegando que a "pintura é a causa de incêndios", o Sun conseguiu criar um frenesi popular em torno da lenda.
No auge do pânico, o Sun iniciou uma campanha para que os ingleses se desfizessem das imagens malditas. Semanas depois, conseguiu promover uma grande queima de 2.500 quadros enviados por seus leitores.Dizem ainda os rumores pela internet que o pintor, arrependido, chegou mesmo a aparecer no programa Fantástico nos anos 80, apelando para que as pessoas jogassem fora suas reproduções. Talvez o fato de o Fantástico ter noticiado o assunto nos anos 80  explicaria como a lenda se tornou tão famosa também por aqui no Brasil.

Mais alguma fotos

Eae o que acharam? Eu só sei de uma coisa, não fico com esses quadros de herança sem ferrando kkkk

Nenhum comentário:

Postar um comentário